terça-feira, 22 de abril de 2014

Criatividade garantida!

Ganso aprova parceria com Boschilia, e vê Tricolor firme na briga por títulos na temporada



Na vitória sobre o Botafogo, por 3 a 0, no último final de semana, o técnico Muricy Ramalho mexeu no time, adotou o esquema tático 4-4-2 e apostou na entrada do jovem Boschilia, que pela primeira vez foi titular. Desinibido, mesmo atuando como titular pela primeira vez, o camisa 35 soube dividir bem as jogadas com Paulo Henrique Ganso e municiou bem o ataque.
E a atuação da dupla animou o Maestro, que aprovou a parceria com o jogador revelado no Centro de Formação de Atletas Laudo Natel, em Cotia. "Ele tem muita qualidade e já mostrou isso na disputa da Copinha (Copa São Paulo de Futebol Júnior), porque era o diferenciado do time", afirmou o camisa 10 são-paulino, nesta terça-feira (22), durante a coletiva de imprensa no Centro de Treinamento da Barra Funda.
Contra o CRB-AL, nesta quarta (23), pela Copa do Brasil, os armadores podem ser novamente uma das armas de Muricy. De acordo com Ganso, que acumula passagens pela Seleção Brasileira, a sintonia com Boschilia pode facilitar o rendimento da dupla. "Tanto faz o esquema tático, mas ajuda muito ter outro meia na armação da equipe", avaliou o meio-campista, que acrescentou.
2820.jpg

"Ele ainda é jovem e, por isso, a gente procura passar tranquilidade e confiança. Mas com a qualidade dele, tenho certeza de que conseguirá ajudar o time", completou o camisa 10, esperançoso de que em 2014 o Tricolor reencontrará o caminho das conquistas.
"O São Paulo entra em qualquer campeonato na briga pelo título. Nosso time está muito forte e encaixado, porque temos bons jogadores", finalizou. Após eliminar o CSA-AL na primeira fase da Copa do Brasil, a equipe são-paulina segue firme em busca do título da competição.


Globo Esporte

Delegação segue para Maceió

Na tarde desta terça-feira (22), Tricolor seguiu para Alagoas, onde enfrentará o CRB-AL pela Copa do Brasil



Focado em sua permanência na Copa do Brasil de 2014, o elenco tricolor seguiu na tarde desta terça-feira (22) para Alagoas. Nesta quarta-feira (23), às 22h (de Brasília), o São Paulo enfrentará o CRB-AL no confronto de ida da segunda fase e tentará se manter na briga pelo título da competição, que dá ao vencedor uma vaga na Libertadores da América de 2015.



Após treinarem pela manhã no Centro de Treinamento da Barra Funda, os atletas almoçaram e puderam descansar antes de embarcarem para o Aeroporto de Guarulhos. Seguindo a programação da comissão técnica, o atacante Luis Fabiano não medirá forças contra os alagoanos.

O Fabuloso, que vive grande fase e já balançou as redes 12 vezes na temporada, será preservado para poder defender a equipe no próximo final de semana, em Minas Gerais, na partida contra o Cruzeiro pelo Campeonato Brasileiro.

O meio-campista Hudson, maior desarmador do Campeonato Paulista deste ano e eleito o melhor volante da competição regional - atuando pelo Botafogo-SP -, ao lado de Arouca (Santos), integra pela primeira vez a delegação são-paulina e poderá fazer a sua estreia pelo clube.

Vale lembrar que em caso de triunfo por dois gols de diferença, de acordo com o regulamento da Copa do Brasil, o Tricolor elimina o duelo de volta contra o CRB. Na terceira fase, alagoanos ou paulistas enfrentarão Figueirense ou Bragantino.



Globo Esporte

Aidar garante manutenção de Muricy: "Vai ficar até o fim do meu mandato"

Novo presidente do São Paulo é só elogios ao técnico, e diz que ele seria o comandante mesmo se rebaixado, apesar de afirmar que clube nunca cairia



Nem bem assumiu a presidência do São Paulo e Carlos Miguel Aidar já faz afirmações convictas sobre a sua gestão, e para um futuro ainda distante em se tratando de futebol brasileiro. No “Arena SporTV” desta terça-feira, o dirigente, eleito na última quarta-feira, afirmou que Muricy Ramalhoserá o técnico do time pelo menos até o fim de sua gestão. O treinador tem contrato até o fim de 2015 com o Tricolor, enquanto a gestão de Aidar só termina em abril de 2017(assista aos vídeos).
- O Muricy ficou três anos no São Paulo, três Campeonatos Brasileiros, o Cilinho comigo ficou, dos quatro que fiquei (em mandato anterior), três anos e meio, e o Muricy vai ficar até o fim do meu mandato, não vai sair não. Certeza absoluta. (Se o São Paulo for rebaixado) o Muricy vai ter a missão de trazer o São Paulo de volta, só que o São Paulo nunca vai ser rebaixado, pode escrever. O São Paulo nunca disputou a Série B, não vai ser comigo que vai disputar - afirmou.
Muricy Ramalho, Carlos Miguel Aidar e Ataíde Gil Guerreiro (Foto: Rubens Chiri/saopaulofc.net)
À frente do São Paulo, Muricy Ramalho foi tricampeão brasileiro de 2006 a 2008, e regressou para esta passagem em setembro do ano passado, para assumir o lugar de Paulo Autuori após o time se ver na luta contra o rebaixamento. Muricy é o quarto treinador que mais vezes dirigiu o time tricolor, com 408 jogos, atrás apenas de Telê Santana (412), José Poy (422) e Vicente Feola (532). Aidar foi só elogios ao treinador.
- Esse cara é fantástico, uma pessoa ímpar, muito bom, o que ele dá de bronca... A bronca que ele dá no Boschilia (no jogo com o Botafogo), que tentou conduzir além do necessário, foi fantástica (risos). Se você não der estabilidade ao treinador, se não se sente seguro no seu emprego, deixa de se preocupar com só trabalhar e passa a se preocupar em se manter no posto, e aí você tira o foco principal que é produzir, porque começa a olhar para o lado para saber se está agradando. Não quero isso, quero tranquilidade para ele trabalhar, ele tem que pensar 24 horas por dia em como vai montar o time para jogar melhor que o adversário.
O São Paulo estreou no Campeonato Brasileiro, no último domingo, com uma vitória por 3 a 0 diante do Botafogo, num Morumbi com mais de 30 mil torcedores. Carlos Miguel Aidar pede o apoio do torcedor e garante que o clube vai chegar à sua sétima taça do Brasileirão, e ainda promete que reforços chegarão. Só não garantiu quando.
- Vocês acreditem por favor, nós vamos ser campeões brasileiros esse ano, estou trabalhando junto com o Ataíde (Gil Guerreiro, vice de futebol) nesse sentido. Nós vamos reforçar a equipe? Vamos, quando não sei, se antes da Copa ou depois da Copa, mas nós vamos dar, se não exatamente o que o Muricy quer, perto do que ele quer para fechar o grande elenco e ter boas alternativas. O Muricy quer jogador titular, e titular você pode pegar na base como pode pegar jogador pronto, então nós vamos fazer o que for possível - concluiu.

Globo Esporte


Muricy relaciona reforço e leva 20 jogadores para enfrentar CRB

Volante Hudson, contratado do Botafogo-SP, viaja com a delegação para Maceió nesta terça-feira e pode estrear pelo Tricolor



O São Paulo levará 20 jogadores para a partida contra o CRB, nesta quarta-feira, às 22h, em Maceió, pela segunda fase da Copa do Brasil. O técnico Muricy Ramalho relacionou pela primeira vez o volante Hudson, contratado do Botafogo-SP após o Campeonato Paulista.

O jogador, apresentado há duas semanas, vinha apenas treinando com o elenco no CT da Barra Funda. Agora, tem a chance de estrear pelo Tricolor. Ele deve ser opção no banco de reservas, já que Souza e Maicon são os titulares da posição com o treinador.

O centroavante Luis Fabiano é o único jogador preservado. Muricy está preocupado com o desgaste físico do camisa 9 e decidiu poupá-lo para o Brasileirão. A vaga pode ser ocupada por Ademilson, único com características semelhantes no elenco.


Hudson São Paulo (Foto: Site Oficial / saopaulofc.net)
A provável escalação é a seguinte: Rogério Ceni, Douglas, Rodrigo Caio, Antônio Carlos e Alvaro Pereira; Souza, Maicon, Boschilia e Ganso; Alexandre Pato e Ademilson.

Confira a lista de relacionados do São Paulo:

Goleiros: Rogério Ceni e Denis
Laterais: Alvaro Pereira, Reinaldo, Douglas e Luis Ricardo
Zagueiros: Antonio Carlos, Rodrigo Caio e Paulo Miranda
Volantes: Souza, Denilson, Maicon e Hudson
Meias: Paulo Henrique Ganso, Lucas Evangelista e Boschilia
Atacantes: Alexandre Pato, Osvaldo, Ademilson e Pabón. 


Globo Esporte

Ganso esquece Copa, mas diz: “Não tem alguém acima da média como eu”

Camisa 10 do São Paulo reconhece que não tem chances de ser convocado e se vê superior aos jogadores da mesma posição no país



Depois de muito oscilar, o meia Ganso, do São Paulo, reconhece que não tem chances de ser convocado para a Copa do Mundo de 2014. Mas, apesar de estar fora dos planos do técnico da Seleção, Luiz Felipe Scolari, o camisa 10 do São Paulo foge do discurso humilde e não vê ninguém no seu nível no futebol brasileiro. 

Em fevereiro, o centroavante Luis Fabiano disse algo semelhante. Conformado por dificilmente receber uma nova chance com Scolari, o goleador do Tricolor afirmou que não se coloca abaixo de Fred e Jô, os prováveis escolhidos por Felipão.

- O Luis, para mim, é um dos melhores centroavantes do mundo. Como armador, acho que eu também. Não vejo alguém da acima da média como eu – disse Ganso. 

Fora da Seleção desde os Jogos Olímpicos de Londres, em 2012, Paulo Henrique admite que as lesões e até alguns problemas fora dos gramados foram determinantes para ele perder espaço. No mês passado, quando era bastante criticado pelas más atuações no São Paulo, chegou a parar de falar com a imprensa. Nesta terça, ele foi o entrevistado no CT da Barra Funda.


Ganso São Paulo (Foto: Site Oficial / saopaulofc.net)
 - Sempre fui acima da média. Procuro mostrar isso nos jogos. Problemas que tive dentro e fora de campo me prejudicaram muito - admitiu.

Com a convocação para o Mundial marcada para o dia 7 de maio, Ganso não tem expectativas. Em 2010, o jogador entrou na “lista de espera” do técnico Dunga, mas também acabou fora do Mundial.

- As chances são mínimas. Não sei nem se tem chance. Vou assistir (à convocação) para ver quais são as pessoas que vão representar o nosso País.


Globo Esporte

Aidar sonha contratar Kaká: "É bonito, tem todos os dentes na boca..."

Dirigente tricolor enumera características pessoais do jogador do Milan para justificar o desejo de repatriar o meia: "Cairia como uma luva"


O novo presidente do São Paulo, Carlos Miguel Aidar, sonha contratar o meia Kaká, revelado pelo Tricolor e que atualmente atua no Milan, após fase ruim no Real Madrid. Para justificar a vontade de repatriar o meia, Aidar não citou nenhuma qualidade técnica, mas características pessoais doCarlos Miguel Aidar vota eleição São Paulo (Foto: Carlos Augusto Ferrari/GloboEsporte.com) jogador. 

- Gostaria muito de ter o Kaká. É alfabetizado, tem todos os dentes na boca, bonito, fala bem... - enumerou, em entrevista à rádio “Bandeirantes”. 
O dirigente, por outro lado, sabe que é difícil conseguir viabilizar o desejo, pois os valores envolvidos são altos. 
- Não dá para concorrer com árabes e chineses, mas ele cairia feito uma luva (no São Paulo).
Ao blog Bastidores FC, Aidar disse que estava brincando e afirmou que o clube está "aberto a jogadores feios e sem dentes".

Globo Esporte

Bom Senso quer levar jogadores de times menores para reunião com Dilma



Goleiro Dida revela intenção do movimento é demonstrar trabalho em grupo e diz que data do encontro está sendo analisada. Ruy Cabeção pode ser convidado

Bom Senso (Foto: Reginaldo Castro/LANCE!Press)

O Bom Senso FC foi convidado pelo Palácio do Planalto para um encontro. Um dos líderes do movimento, o goleiro Dida, do Internacional, revelou que a intenção do grupo é levar para a reunião com a presidente Dilma Rousseff jogadores que atuam por equipes pequenas no Brasil e acabaram desempregados após o final dos estaduais.

Uma das principais propostas do Bom Senso é alongar a disputa deste tipo de competição para que os clubes pequenos tenham calendário o ano todo. Um protesto já foi feito neste ano, com faixa demonstrando a quantidade de jogadores que ficará desempregado com o fim dos Estaduais. Um dos jogadores que pode aparecer no encontro é Ruy Cabeção, que recentemente detonou a organização do futebol brasileiro.

- Fomos contatados pelo secretário do ministro Aldo Rebelo e pelo chefe de gabinete, e depois por ele. O contato partiu do ministro dos Esportes à pedido dela (Dilma). E estamos vendo a possilidade. Queremos participar com jogadores das equipes menores, para deixar claro que somos um grupo e estamos trabalhando para todos. Estamos vendo a questão de datas, quando os atletas podem, para que a gente compareça - explicou o goleiro colorado.

O movimento também espera que mudanças ocorram no futebol brasileiro em breve. O goleiro Dida afirmou que tem esperanças que a realidade possa mudar com a eleição de Marco Polo Del Nero, mesmo que o novo comandante da CBF a partir de 2015 siga a mesma linha que o atual presidente, José Maria Marin.

- Houve a eleição e esperamos sempre por mudanças. Esperamos que melhore as condições, naõ só para nós jogadores, mas para todo mundo, os torcedores e atrocinadores. Sabemos da dificuldade que todos enfrentam. Esperamos que veja com bons olhos. Acreditamos nisso e desejamos mudanças no futebol, nas melhorias como um todo. Nossa função como atleta é também de alertar a todos, que todo mundo compreenda a situação dos jogadores - opinou Dida.

O advogado do Bom Senso afirmou nesta terça-feira que o movimento "não acabou" e que ainda há uma possibilidade real de greve no país
.


LanceNet

São Paulo viaja sem Luis Fabiano, mas com Hudson pela primeira vez


Centroavante será poupado pela comissão técnica, enquanto volante, recentemente trazido do Botafogo-SP, terá chance de estrear com a camisa 25 do Tricolor no jogo contra o CRB




Volante Hudson assinando contrato com SPFC ( Foto: Divulgação/Site oficial )



Após o treino da manhã desta terça-feira, Muricy Ramalho definiu os jogadores que viajarão para Maceió no fim da tarde. A principal ausência, cogitada desde domingo pelo comandante do São Paulo, será a de Luis Fabiano. Enquanto o centroavante será poupado pela comssião técnica, o volante Hudson foi relacionado pela primeira vez e poderá estrear diante do CRB, pela Copa do Brasil, nesta quarta-feira, às 22h.

Em entrevista à Rádio Bandeirantes na noite da última segunda-feira, o vice-presidente de futebol Ataíde Gil Guerreiro fez elogios ao elenco pela disposição para viajar para Alagoas. Segundo o dirigente, os jogadores foram questionados se gostariam de ser poupados e nenhum aceitou a proposta. Fabuloso só não atuará por cautela de Muricy.

E MAIS:
> Ganso esbanja confiança: 'Não vejo ninguém acima da média como eu'
> Filho vira a inspiração para Douglas dar a 'volta por cima' no São Paulo

L!TV:
> Mascarado brilha no rachão do São Paulo com direito a golaço> Na linha, Ceni distribui assistências e arrisca passe de ombro

Outra novidade na lista é Lucas Evangelista. O meia-atacante levou pancada no último dia de treinos com a Seleção Brasileira pré-olímpica na semana passada, voltou a treinar com bola na segunda-feira e está à disposição do treinador para entrar em campo no estádio Rei Pelé.

VEJA A LISTA COMPLETA DE RELACIONADOS PARA O JOGO:


Goleiros: Rogério Ceni e Denis
Laterais: Alvaro Pereira, Reinaldo, Douglas e Luis Ricardo
Zagueiros: Antonio Carlos, Rodrigo Caio e Paulo Miranda
Volantes: Souza, Denilson e Hudson
Meias: Paulo Henrique Ganso, Maicon, Lucas Evangelista e Boschilia
Atacantes: Alexandre Pato, Osvaldo, Ademilson e Pabon

LanceNet

Aidar promete não beneficiar organizadas do SP e manter ingresso barato

O presidente do São Paulo, Carlos Miguel Aidar, afirmou nesta terça-feira que não permitirá tratamento diferenciado para as torcidas organizadas do clube durante a sua gestão e que manterá ingressos baratos durante todo o Campeonato Brasileiro.
Segundo o presidente, sua relação com os torcedores organizados será diferente da que era vigente com o antecessor Juvenal Juvêncio.
"O São Paulo não vai pagar ingresso e nem ajuda com viagem. Não sei como o São Paulo faz até hoje, mas não haverá subsidio na minha gestão", afirmou Aidar durante participação no "Arena SporTV".
Além de falar da nova relação entre o clube e as torcidas organizadas, o novo presidente tricolor tratou sobre o preço dos ingressos das partidas do time como mandante no Brasileirão.

"Todos os jogos do São Paulo no Morumbi terão ingressos baratos, menos em Barueri. Nos clássicos, ainda preciso ver", disse o dirigente.
Aidar revelou que manterá ingressos de arquibancada a R$ 10 e o sócio torcedor pagará apenas R$ 3.
No ano passado, todos os setores da arquibancada custaram R$ 10 durante a campanha de recuperação do time no torneio. A promoção foi mantida no último fim de semana na vitória contra o Botafogo, quando mais de 31 mil torcedores foram ao Morumbi.
"Manterei os ingressos baratos por três motivos. Primeiro, tenho o estádio amortizado, não preciso de rendas gigantes para pagar dívidas. Segundo, crio espaço para novos torcedores. Facilito o acesso e levo mais gente para o estádio, além dos organizados. O terceiro, para mim, é óbvio. A torcida gritando estimula os jogadores, dá maior motivação", explicou. 

Globo Esporte